Gestão de fanpage: sua empresa faz isso da forma correta?

Era digital, avanço estrondoso da internet e disseminação fácil e rápida de informações. Esse parece um prato cheio para você investir na gestão da fanpage para a sua empresa e encontrar nela uma solução para novos negócios.

Uma boa fanpage é oportunidade de divulgação, posicionamento de marca e até mesmo conversão em vendas, uma vez que as mídias podem ser uma ótima ferramenta para isso.

Então ter uma fanpage no Facebook, ou estar em qualquer outra mídia social, é algo simples e fácil de administrar, correto?

Errado.

Esse é um canal direto com o cliente para divulgar informações e conteúdos sobre a empresa. Por isso, é preciso atenção redobrada antes de qualquer publicação.

Se você ainda não criou uma fanpage para sua empresa ou se ainda não consegue administrá-la com bons resultados, continue lendo este artigo.

Vamos dar algumas dicas de como fazer a gestão de fanpage, englobando da criação da página à mensuração dos resultados.

Continue lendo e você estará pronto para dar os próximos passos.

 

Crie uma fanpage em vez de um perfil

 Muitas pessoas pecam ao dar início à vida das suas empresas no Facebook criando um perfil para elas.

O perfil serve para uso pessoal e interatividade entre pessoas.

Já as páginas (fanpages) foram detalhadamente desenhadas para suprir as necessidades de divulgações de empresas, órgãos públicos, profissionais liberais e até mesmo celebridades.

Nelas, temos dados e possibilidades que ajudam a divulgar o negócio e a entender a receptividade das pessoas, tais como:

  •  Quantidade ilimitada de seguidores, fotos, vídeos ou links;
  •  Número de interações e visualizações em cada postagem;
  •  Exposição dos números relacionados aos acessos na página;
  •  Perfil demográfico de clientes;
  • Possibilidade de inclusão de link para direcionamento direto ao site.

Estes são apenas 5 dos inúmeros motivos suficientes para você investir os esforços de comunicação no Facebook por meio de uma fanpage em vez de um perfil.

Defina o tom de comunicação com o seu público

Antes de sair enchendo a sua página de conteúdo, é preciso ficar atento ao “tom da conversa”.

Sim, a forma como você se comunica com o seu público deve representar a essência da sua empresa.

Primeiramente, você deve escolher um avatar e uma foto de capa que tenham a ver com o perfil da empresa e com a forma como ela se comunica com o mercado.

A logo para utilização na foto do perfil (aquele quadrinho no alto à esquerda da página) e um banner exprimindo uma mensagem bacana são um ótimo começo.

Decida se a linguagem a ser adotada será formal, informal, na primeira ou na terceira pessoa.

Não pegaria bem, por exemplo, um escritório de advocacia que no dia a dia tem um perfil mais formal no trato com os clientes ter uma fanpage cheia de memes engraçadinhos, não é mesmo?

Além disso, também é importante ter definida a persona, ou seja, a representação ideal do seu público. Assim fica mais fácil se comunicar de forma eficaz.

 

A importância do conteúdo para a fanpage que dá resultados

A produção de conteúdo é a chave para atrair clientes para a sua fanpage.

Você deve apoiar-se nos princípios do marketing de conteúdo para esta produção.

Como assim?

O marketing de conteúdo baseia-se em produzir material informativo que tenha relevância para o cliente, que o ajude a resolver problemas, que dê dicas e insights para a vida dele ou para o negócio dele.

Você também pode por meio do marketing de conteúdo ajudar o cliente a entender melhor sobre o mercado em que você atua e sobre como os seus produtos e serviços podem beneficiá-lo.

Mas cuidado, o foco aqui é passar conhecimento. Nada de ficar fazendo propaganda.

É preciso dosar o conteúdo entre informação relevante para o cliente e propagandas diretas.

O ideal é a proporção 80/20, ou seja 80% de conteúdo informativo e 20% de propaganda sobre seus produtos e serviços.

Essa proporção vem da premissa básica de que as pessoas não estão no Facebook para comprar algo, e sim para interagirem com outras pessoas.

Se você atrai estas pessoas para a página por meio de conteúdo informativo, aumenta muito a chance de que ela se lembre de sua empresa quando for comprar algo na sua área de atuação.

Faz sentido, não?

Assim, o cliente passa a ver a sua fanpage como uma fonte segura para os assuntos relacionados ao produto ou serviço que você oferece.

De forma indireta, você conseguirá divulgar a sua marca, atrair clientes e passar credibilidade a eles.

 

 “Ok, entendi a importância do conteúdo, mas quem deve produzi-lo?”

Esse é um ponto de extrema atenção, pois a maioria das pessoas se sente capaz de gerar conteúdo e acredita que, mesmo sem a ajuda de um profissional, pode ter sucesso na administração de uma fanpage ou no gerenciamento de mídias sociais em geral.

Não é bem assim.

Uma comunicação eficaz é tarefa para quem entende do assunto. Um profissional da área é capaz de passar a mensagem sem ruídos, de forma leve e objetiva.

Há uma série de nuances e técnicas para produção de conteúdo para a fanpage que vão fazer as informações serem melhor absorvidas pelo público, ou seja, a comunicação será mais assertiva.

Vou dar um exemplo básico:

Para construir uma casa você precisa de engenheiro, mestre de obra, pedreiro;

Para colorir os cabelos é preciso ir à um salão de beleza;

Para obter um diagnóstico médico é preciso ir a um consultório…

Com a comunicação é a mesma coisa.

Você deve recorrer a um profissional para que o trabalho seja realizado com excelência.

Você não precisa necessariamente contratar uma equipe para fazer esse trabalho.

Hoje existem centenas de agências de produção de conteúdo especializadas em mídias sociais.

Fazer um contrato com pagamentos mensais pode ser uma ótima alternativa.

Apenas certifique-se de entender tudo o que vai ser feito para você atrair mais clientes.

Você é atencioso com os resultados na gestão de fanpage?

Mensurar os resultados é extremamente importante para saber se o caminho percorrido está correto ou precisa ser alterado.

Existem dezenas de ferramentas, gratuitas ou não, para realizar essa análise da fanpage.

A própria fanpage tem a área de Informações. Na Visão Geral, já aparece um resumo de vários dados, com análises do dia, do dia anterior, da última semana e dos últimos 28 dias.

Assim fica mais fácil para você fazer comparações de períodos e entender melhor o desempenho.

Na aba Informações, você pode avaliar:

  • Curtidas

É possível avaliar o crescimento do número de pessoas que curtem a página da sua empresa. É um número muito buscado pelas empresas, mas que, sozinho, não tem muita importância.

De nada adianta ter milhares de curtidores da página, se eles não se envolvem com as publicações.

  • Visualizações da página

Apresenta o número de vezes que uma página foi visualizada.

Ele se desdobra em várias gráficos e itens, como gênero, faixa etária, dispositivo (móvel ou desktop) e fonte de tráfego.

  • Ações na página

O número de cliques nas informações de contato e no botão de chamada para ação da sua página.

  • Alcance

O número de pessoas que viram qualquer uma das publicações da sua página, detalhado por total, pago (impulsionado) e não pago.

  • Envolvimento com as publicações

O número de vezes que as pessoas interagiram com suas publicações por meio de curtidas, comentários, compartilhamentos e muito mais.

  • Vídeos

Número total de vezes que os vídeos da página foram visualizados por mais de 3 segundos, detalhado pelo total, pago e não pago.

 

Com todas essas análises, você conseguirá entender quais as publicações que mais agradam o seu público-alvo e investir nelas.

 

Conclusão

 As mídias sociais devem ser levadas a sério e é preciso acompanhá-las de perto, pois são uma ótima opção para o crescimento da empresa.

Siga todas as dicas citadas aí em cima e tenha em sua fanpage a “menina dos olhos” para o posicionamento de marca, aproximação de clientes e conversão em resultados.

Aproveite e compartilhe o artigo nas suas redes sociais.

 

 

 

Posts recentes